Pastoreio #29

A unidade

No início do capítulo quatro do livro de Atos percebemos que a medida em que a Igreja avançava ensinando em Jesus, a ressurreição dentre os mortos, os adversários (v2), se posicionavam afim de intimidarem os apóstolos inibindo assim o avanço da fé cristã.
Entretanto se de um lado Satanás se opõe a obra de Deus, de outro lado o Espírito Santo capacita de modo poderoso os cristãos para que não temam e sigam anunciando as boas novas de Jesus. A ressurreição do Mestre não só gera confiança em seus apóstolos como reforça a promessa que Ele virá buscar a sua Igreja (arrebatamento). As ações sobrenaturais de Deus contribuem com a unidade.
Os apóstolos de Jesus permaneciam unidos para cumprirem o anúncio das boas novas de Cristo, uns orando, outros anunciando, sendo presos, mas não retrocederam.
Os apóstolos foram presos, açoitados e perseguidos, o sofrimento imposto tinha um objetivo, parar a pregação do evangelho. Os sofrimentos não causaram nos discípulos do Senhor desânimo, eles não deixaram de testemunhar sobre o Filho de Deus, pelo contrário seguiram pregando a palavra do Mestre.
Se a intenção dos adversários de Jesus era barrar o crescimento da igreja o efeito percebido no versículo quatro foi o oposto, as pessoas ouviam e criam na palavra anunciada chegando ao número de quase cinco mil almas entregues ao Senhor.
A palavra resiliência no Dicionário Aurélio significa: 1. Propriedade pela qual a energia armazenada de um corpo deformado é devolvida quando cessa a tensão causadora duma deformação elástica , 2. Resistência ao choque.
A palavra unidade no Dicionário Aurélio significa: 5. Qualidade daquilo que não pode ser dividido. 8. Ação coletiva orientada para um mesmo fim; coesão, união.

…para se pensar

Será que a fé e a resiliência percebida nos apóstolos de Jesus podem ser percebidas nos cristãos de hoje?

Atos 4
01 E, estando eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus,
02 Doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos.
03 E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois já era tarde.
04 Muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil.

Tradução – Almeida Corrigida e Revisada Fiel

O templo de Jerusalém era guardado por vinte quatro grupos de sacerdotes, sendo divididos em turnos. Tinham a função de vigiar e manter a ordem no interior do templo. Cada um desses grupos tinha um capitão revestido de autoridade para agir.
Os saduceus ficaram bravos com os ensinamentos dados por João e Pedro, afinal de contas eles eram céticos quanto a ressurreição de Jesus, haviam oferecido suborno aos guardas romanos para que eles dissessem que os discípulos haviam furtado o corpo de jesus na calada da noite.
A morte de Jesus não impediu que os apóstolos seguissem com a pregação acerca do reino de Deus, os religiosos além de não terem conseguido matar a Jesus, pois Ele ressuscitou, não estavam conseguindo impedir que os apóstolos seguissem pregando as boas novas e a igreja continuava crescendo (v.4).
“Os fariseus e os saduceus, portanto, se aliaram, em oposição à nova religião. Deve-se observar que apesar dos fariseus terem sido os principais antagonistas de Jesus, nos evangelhos, na narrativa do livro de Atos, os saduceus aparecem como os principais adversários dos apóstolos”. Fonte: O Novo Testamento Interpretado versículo por versículo, Ed. Hagnos, R.N. Champlin, p. 91.

Quando ocorre uma desarticulação dos que estão engajados na obra de Deus o reino é prejudicado, a pregação do evangelho cessa, e as vezes ficamos embaraçados com as contendas geradas.

• O interrompimento de uma ação coletiva orientada para um mesmo fim produz danos, nesse caso ao igreja de Cristo.
• Precisamos sempre ter em mente que estamos trabalhando em um campo que não é nosso, mas do Senhor!
• Não podemos perder o foco, nossos olhos, mentes e corpos precisam estar a serviço de Jesus!

…segue alguns pontos para nossa reflexão

O que tem prejudicado a unidade da igreja ? (promova uma discussão sobre os atos abaixo)
• Ambição
• Inveja
• Dureza de coração
• Egocentrismo
• Partidarismo
• Falta de temor a Deus
• Falta de amor cristão
• Ceticismo
• Outros…

…unidos por uma só missão
A responsabilidade dada pelo Mestre estava presente na vida prática dos apóstolos. Pedro e João (v.20) disseram aos seus inquiridores que não podiam deixar de falar sobre o que viram e ouviram. A pregação acerca de Jesus era a missão em comum e prioritária para esses homens, estavam unidos por essa missão que estava acima das suas próprias vidas.

Subtema: Unidos no Corpo

…somos parte do corpo

É importante ter em mente que fazemos parte de um rebanho, de um povo, de uma comunidade, e que temos os laços fortalecidos pela palavra do Senhor e pelas experiências sobrenaturais com Deus. A igreja não é não está solitária.
O próprio Jesus não nos deixou órfãos, Ele rogou ao Pai para que enviasse outro Consolador (João 14.16,18), o Espírito Santo que veio e permanece com os cristãos.
Pedro e João ao saírem do interrogatório dos religiosos foram para os seus (v.23), em comunidade somos recebidos e recebemos, podemos usufruir da segurança, do calor humano, bem como replicar ao próximo.
O apóstolo Paulo ao escrever a primeira carta aos Coríntios sobre os dons e sobre o Espírito Santo sendo o doador desses dons, Paulo explica que mesmo havendo diversos dons com funções diferenciadas, estes compõem o mesmo corpo.
Nos apropriando dessa ilustração ressaltamos que mesmo havendo muitos cristãos, ministérios diferenciados e inúmeras denominações, precisamos considerar que fazemos parte do corpo de Cristo.

1 Coríntios 12
13 Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.
14 Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.

Vamos voltar ao versículo vinte e três, na recepção dos apóstolos pelos seus, em sua comunidade de fé, na igreja, com os santos que intercediam e que serviam de apoio em todos os aspectos. É importante ter irmãos na fé que, nos acolham, que nos ajudem em oração e transmitam calor humano.

Atos 4
23 E, soltos eles, foram para os seus, e contaram tudo o que lhes disseram os principais dos sacerdotes e os anciãos. Tradução – Almeida Corrigida e Revisada Fiel

“Quão doce é o contraste, aqui exposto, entre os despedidores e os despedidos, bem como entre os dois grupos que eles representam; como parte de um desses grupos, os dois apóstolos sentiam-se como ovelhas no que lhes era próprio, no ambiente da fé comum e do amor pelo Senhor Jesus.”(Brown, in loc.) Fonte: O Novo Testamento Interpretado versículo por versículo, Ed. Hagnos, R.N. Champlin, p. 101.

Penso ser importante permanecer e estar comprometido com uma comunidade de fé, com uma igreja. Alguns cristãos isolam-se em suas casas, não querem fazer parte ou participar de uma denominação onde alguns cristãos reunem-se para adorarem a Deus e serem edificados.
Não podemos promover a quebra do vínculo entre os cristãos, será através da convivência entre pessoas tão diferentes, cada um com a sua subjetividade, cristãos que serão postos à prova para serem moldados pela palavra de Deus.

Hebreus 10
23 Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.
24 E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras,
25 Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.

1 Coríntios 12. 25 “Para que não haja divisão no corpo, mas, sim, que todos os membros tenham igual cuidado uns pelos outros.
26 De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. 27 Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular”.

Atos 4
31 E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.
32 E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns.

A união espiritual dos crentes em Jesus é confirmada com a presença do Espírito Santo que não só os encheram com poder, passou a habitar neles capacitando-lhes com os dons espirituais. O Espírito Santo nos ajuda de modo prático a cumprir juntos uma missão em comum.

Que as nossas decisões sejam ordenadas pelo Espírito Santo, que as nossas vontades sejam colocadas em último lugar para que reine sobre nós os planos de Jesus Cristo!

 

 

2016 O Ano da Igreja
sendo uma igreja bíblica e relevante

 

Serviçal da Igreja
Ronildo Queiroz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu