Como estabelecer uma comunicação saudável com seu filho?

Como estabelecer uma comunicação saudável com seu filho?

Gerentes, Pastores ou Pais?

Tenho recebido vários pedidos de orientação sobre como lidar com filhos que já cresceram e que não querem conversar.

Será que essa situação também acontece dentro das nossas famílias cristãs?

Vale a pena pensar e entender que nossos filhos cresceram e que nada irrita tanto um jovem do que ser tratado como uma criança.

Estar aberto a ouvir e entender o ponto de vista dos filhos pode evitar ou minimizar muitos conflitos nessa fase. A falta de diálogo poderá acontecer quando os filhos percebem que não serão entendidos, que não há tempo para eles ou por medo de julgamento.

Nossa posição como pais não deve ser de superioridade, precisamos mostrar que também temos fraquezas, interrogações, inseguranças. Ou seja, também somos humanos como eles. Apenas mais experientes. Isso ajuda a criar uma relação de amizade mútua.

Qual a nota que melhor representaria seu atual estágio de diálogos com os filhos?

Da nota que você atribuiu, qual o julgamento que você faz do seu desempenho?

Em nossa responsabilidade de instruí-los, temos a tendência de agirmos como “chefes”, gerentes ou pastores quando, na realidade, precisamos demonstrar que somos apenas pais.

Talvez a atual falta de diálogo seja tão somente os efeitos da falta de atenção aos filhos. Como acompanhamos até a identificação dessa dificuldade de diálogo, o seu desenvolvimento nos estudos, com os amigos, as vontades, as dificuldades e os sonhos? Quanto temos sido presentes? Quanto temos demonstrado que nos importamos?

Muitas vezes as dificuldades que encontramos foram semeadas ao longo do tempo, e apenas agora brotam de forma mais clara pelo amadurecimento que a idade traz consigo.

Sempre é tempo de identificar erros ou equívocos e diante dos filhos e de Deus fazermos as correções necessárias.

Nosso Pai é o maior interessado e um grande especialista em restaurações.

Confie!

Filhos, obedeçam a seus pais em tudo, pois isso agrada ao Senhor. Pais, não irritem seus filhos, para que eles não se desanimem.
Colossenses 3:20,21

#somosumasoicpbb

 

Silvia Reinecke
Psicóloga Clínica CRP.06/61485-8

 

 

Volte para a página do CDFP

 

Menu