Se permita errar

Qual o conceito que você tem de si mesmo?

A auto estima está ligada ao Autoconceito que é a forma como o indivíduo se percebe e pensa sobre ele mesmo.

Pessoas que não se amam, não tem uma boa percepção de si, não se aceitam, tem o costume de se autocriticar, se punindo muitas vezes pelos erros que cometem ao longo da vida. Não conseguem ser tolerantes com seus fracassos.

Sabemos que a autocrítica é saudável quando utilizada de forma adequada, com o objetivo de buscar melhorias e aprendizado. Porém se for utilizada de maneira inadequada e punitiva, seus efeitos serão severos, gerando estresse e afetando de forma negativa o autoconceito.

As pessoas com autocritica disfuncional, passam horas ruminando pensamentos depreciativos, duros e inflexíveis a respeito delas, tais como pensamentos do tipo:

“Sou chata” e logo ninguém vai se aproximar de mim…

“Sou incompetente” Portanto nada do que me proponho a fazer eu consigo…

“Sempre faço de tudo e nunca nada muda…

Os pensamentos disfuncionais são diversos, e nada nos ajudam, porém se examinarmos ou questionarmos cada um deles encontraremos distorções cognitivas como por exemplo: Generalização, Catastrofização, Leitura Mental, Auto Rotulação, entre outras…

Existem algumas estratégias e ações que ajudam a minimizar essa autocrítica ruim, melhorando o Autoconceito.

# Seja mais flexível e gentil com você e com os outros, não utilize conceitos extremistas.

Veja se existem outras maneiras e possibilidades de lidar melhor com aquela situação para que haja mudança.

#Não se julgue e nem se rotule, pois todas as vezes que você acredita em algo, seu cérebro capta aquela mensagem e consequentemente você passará a se comportar de acordo com esses pressupostos.

Veja o exemplo: Sou incompetente, não vou ser contratado nesta Empresa, pois tem pessoas melhores que eu, portanto nem vou encaminhar meu currículo.

# Não se julgue, mude a forma de pensar, construa uma relação de respeito com você., com sua história, com sua vida!

Não é a situação em si, mas é como eu passo a enxergar aquela situação e como eu vou lidar com ela.

Preste Atenção nesta dica!

Errar não é uma escolha, todo ser humano está apto e propenso a errar. Seja corajoso para lidar com seus erros.

Fonte: Educação Emocional Positiva

 

#somosumasoicpbb

 

Luciana Bachega
Psicóloga Clínica e Social
Terapia Cognitivo Comportamental
CRP.:06/68176
@lubachega_psico

 

 

Volte para a página do CDFP

 

Menu